Passo a passo


                                   

Sua empresa nasceu, e como um bebê, no primeiro ano ela precisa de uma atenção dobrada, até dar seus primeiros passos sozinha e decolar!

Mês 1 -Você tem Perfil para ser MEI?
Como saber se você é um empreendedor? Se você esta pensando em se formalizar em um Microempreendedor Individual – MEI, um ponto importante é conhecer a atividade que irá exercer.

Mês 2 – Passos para Abrir MEI – Formalizar
Como abrir seu negócio Passo a Passo. Agora que você conhece um pouco mais sobre as vantagens de se formalizar como Micro Empreendedor Individual – MEI, comece a pensar como empresário.

Mês 3 – Agora você se formalizou! É um empresário!
Como empresário você precisa ter planejamento e organização, por menor que seja seu empreendimento esses são pontos fundamentais para o progresso e o sucesso de sua empresa.

Mês 4 – Recursos Próprios
Neste momento sua empresa ganha vida, já possui uma identidade, pois tem CNPJ, Razão Social, Nome Fantasia, Atividade, Capital Social, endereço, telefone e e-mail.

Mês 5 – Ponto Comercial
Não tenha pressa para escolher o local para sua empresa. Considere todos os aspectos: veja principalmente se o local é adequado para comportar o seu negócio, defina a área ideal em m², negocie o aluguel, valor, prazo.

Mês 6 – Clientes
Sua empresa pode ser nova, antiga, tradicional, moderna, MEI, ou de qualquer outro porte, como Micro ou Eireli, comércio, indústria ou prestador de serviço, mas o fato é que todas, para sobreviver, precisam de clientes.

Mês 7 – Concorrentes
Você pode aprender lições importantes observando a atuação da concorrência. Procure identificar quem são seus principais concorrentes. A partir daí, visite-os e examine suas boas práticas e deficiências.

Mês 8 – Fornecedores
“Vende bem quem compra bem”, com certeza já ouviram esta frase por aí. Mas veja, não é somente o quesito preço que deve ser levado em consideração na hora da compra.

Mês 9 – Preço de Venda
Neste momento o empresário iniciante fica completamente perdido em relação a qual preço poderá praticar, pois ainda não sabe exatamente que margem pode colocar em cima de cada produto ou serviço.

Mês 10 – Promoção de Venda
Há um provérbio popular que diz: “A propaganda é a alma do negócio”, e, realmente, ele tem toda a razão, pois se não divulgarmos o produto aos clientes eles não saberão da sua existência e não poderão adquiri-lo.

Mês 11 - Produtividade
A produtividade mede a quantidade produzida em função dos recursos utilizados. Estes recursos utilizados podem ser medidos em pessoas, horas de trabalho, máquinas ou dinheiro.

Mês 12 - Lucratividade
De cada 10 empresários, 9 estão buscando aumentar seu faturamento, quando deveriam estar trabalhando para aumentar sua Lucratividade. De nada adianta ter um excelente faturamento e sua lucratividade ser baixa, como pode?

Mês 13 - Rentabilidade
A Rentabilidade indica quanto o Lucro Mensal representa em percentual (%) do Investimento Total, auxilia nas decisões sobre novos Investimentos ou não. Pois, novos investimentos podem afetar as vendas ou os custos e consequentemente afetarão o Lucro Mensal.

Mês 14 - Área Operacional
Toda empresa depende de seus processos e operações para gerar resultados, riquezas e garantir sua sobrevivência. As Operações e Processos adequados fazem com que a empresa tenha um produto ou serviço melhor, proporciona a obtenção de maiores lucros, tendo como consequência a fidelidade e satisfação de seus clientes. Vemos aqui a ligação com a área de mercado e área financeira.